Subscribe:

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Curiosidades Biblicas



A palavra Bíblia vem do grego, através do latim, e significa: livros.

A Bíblia já foi traduzida por mais de 1500 línguas e dialetos.

No ano de 1250 o cardeal Caro dividiu a Bíblia em capítulos, que foram divididos em versículos no ano de 1550, por Robert Stevens.

A Bíblia inteira foi escrita num período que abrange mais de 1600 anos.
É uma obra de cerca de 40 autores, das mais variadas profissões: de humildes agricultores, pescadores até renomados reis.

O Antigo Testamento foi escrito em hebraico, com exceção de algumas passagens em Esdras, Jeremias e Daniel que foram escritas em aramaico.

O Novo Testamento foi escrito em grego.

O Codex Vaticanus é provavelmente o mais antigo exemplar da Bíblia em forma completa.

A primeira tradução completa da Bíblia para o inglês foi feita por Wycliffe, em 1380.

Martinho Lutero foi o primeiro tradutor da Bíblia para a língua do povo alemão.

Na biblioteca da Universidade de Gottingen, Alemanha, existe uma Bíblia que foi escrita em 470 folhas de palmeira.

O Livro mais antigo da Bíblia não é o Gênesis, mas Jô. Acredita-se que foi escrito por Moisés, quando esteve no deserto.

O primeiro Salmo encontra-se em II Samuel 1:19-27, uma elegia de Davi em memória de Saul e seu filho Jônatas.

A Bíblia contém 1189 capítulos e 31102 versículos.
Ester 8:9 é o maior versículo da Bíblia.

No livro de Ester e no livro de Cantares não se encontra a palavra Deus.
O Antigo Testamento termina com uma maldição, e o Novo Testamento termina com uma benção.

O último livro da Bíblia a ser escrito foi III São João.

Há 3573 promessas na Bíblia.

O livro de Isaías assemelha-se a uma pequena Bíblia: contém 66 capítulos; os primeiros 39 falam da história passada, e os 27 restantes apresentam promessas do futuro.

Dos quatro evangelistas só dois andaram com Jesus; Marcos e Lucas não foram seus discípulos.

Todos os versos do Salmo 136 terminam com o mesmo estribilho: "Porque a Sua misericórdia dura para sempre."

O profeta que veio depois de Malaquias foi João Batista.

Judas foi o único dos doze apóstolos que não era Galileu.

João era o discípulo mais jovem dos doze.

Os versículos 8, 15, 21 e 31 do Salmo 107 são iguais.

Matusalém, o homem mais velho da Bíblia, morreu antes de seu pai, Enoque, que ascendeu ao Céu.

Ló era o pai de Moabe e Bem-ami, e também o avô dos dois porque "as duas filhas de Ló conceberam do próprio pai". (Gen. 19:36-38)

42 mil pessoas perderam a sua vida por não saberem pronunciar a palavra Shiboleth. (Juízes 12:5, 6)

Adão não teve sogra.

A única idade de mulher que se menciona na Bíblia é a de Sara (Gên. 23:1)

A primeira cirurgia foi realizada por Deus, quando tirou uma costela de Adão. (Gên. 2:21,22)

Além de Jesus, Elias e Moisés foram os únicos homens que jejuaram 40 dias e 40 noites. (I Reis 19:8 e Deut. 9:9)

A arca de Noé tinha três andares. (Gên. 6:16)

O Salmo 119 é o mais longo da Bíblia, é um acróstico. Os 176 versículos acham-se divididos em 22 seções de oito versos cada uma, correspondendo a cada uma das letras
do alfabeto hebraico.

Em Gate houve um homem de grande estatura, que tinha 6 dedos em cada mão e em cada pé. (II Samuel 21:20)

Elias teve o privilégio de comer uma refeição preparada por um anjo.

Existem muitos dados curiosos relativos às estatísticas bíblicas. Um dos números que mais aparece na Bíblia é o 7. Entre os Hebreus este número era considerado sagrado e símbolo da perfeição.

Noé tinha 600 anos quando terminou a arca.

O sábio Salomão deixou mais de três mil provérbios.

A operação matemática mais rendosa foi efetuada por Jesus quando multiplicou 5 pães e 2 peixes para alimentar a mais de cinco mil pessoas e ainda sobraram 12 cestos cheios.

Talento era uma moeda grega que valia o equivalente a uns mil e quinhentos dólares.

Judas vendeu a Jesus por 30 moedas de prata, equivalentes a uns 20 dólares.

Calcula-se que o presente que Naamã ofereceu a Eliseu, do qual Geazi finalmente se

apropriou, equivalia a uns 48.000 dólares.

Tiago, filho de Zebedeu, foi o primeiro dos apóstolos a morrer por sua fé. Foi

decapitado a espada por ordem do rei Herodes Agripa I, por volta do ano 44 de nossa era.

Paulo, o grande apóstolo dos gentios, foi decapitado em Roma por ordem do tirano Nero.

Em I Samuel 17:18, o queijo é mencionado pela primeira vez na Bíblia.

Em juízes 14:18 encontramos um dos exemplos mais antigos de enigma.

Dois reis dos Amorreus foram postos em fuga por vespões.

A última cidade mencionada na Bíblia é a cidade santa. (Apoc. 22:19)

Salmo 117 é o capítulo mais curto da Bíblia

Salmo 118 é o capítulo que está no centro da Bíblia. Há 594 capítulos antes e depois do Salmo 118O Versículo que se encontra no centro da Bíblia está em Salmo 118:8

Você Sabia Que?

Existem mais de 12000 povos etnolinguísticos no mundo e falam mais de 6.000 línguas diferentes?

Que dessas 6.000 línguas, 4% possui a Bíblia completa, 10% possui O Novo Testamento e 62% não possui nem João 3:16?

Que demora-se em média de 15 a 20 anos para traduzir a Bíblia para uma língua?

Há mais de 224 línguas indígenas faladas no Brasil?

Que existe uma área entre os paralelos 10 e 40 (chamada janela 10-40), que poderia levar o título de "Onde o Evangelho não Existe"?

* A Bíblia já foi escrita com capítulos numerados, como temos hoje? Não.

Nenhum livro da Bíblia foi escrito com capítulos numerados. Em 1551, Robert Etiene, redator e editor em Paris, fez a experiência dividindo o NT de língua grega em versículos. Teodoro de Beza gostou da idéias e em 1565 dividiu toda a Bíblia em versículos.

* Qual o significado da palavra "Bíblia"? É uma palavra de origem grega e significa "livros". Ler 2Tm 3,16

AS PRIMEIRAS TRADUÇÕES

Sempre houve empenhos para que a Bíblia fosse traduzida para línguas comuns. Há três traduções que são importantes por serem antigas , são testemunhas primitivas dos textos antigos.

1 - VERSÃO DOS SETENTA - É uma tradução em grego do V.T., feita entre os anos 280 e 130 A.C., e é conhecida por "Septuaginta", porque a tradição diz que é o resultado de setenta sábios hebreus, convocados em Alexandria, no Egito, pelo rei Ptolomeu Filadelfo. Esta versão era muito usada pelos apóstolos.

2 - VULGATA LATINA - Versão foi feita por Jerônimo no fim do Século IV. No Século IV havia diversas versões em latim, divergentes entre si, e a igreja entregou a Jerônimo, grande conhecedor do hebraico e do grego, a tarefa de preparar uma versão confiável em latim. Os colegas de Jerônimo preferiam as antigas versões defeituosas. Somente no Século VI que a Vulgata Latina de Jerônimo começou a receber a aceitação da maioria. A Igreja Católica Romana, desde o fim do Século XVI, tem adotado esta versão como oficial.

5.4 - VERSÃO SIRÍACA PESHITO
Esta versão é a terceira de interesse, facilitada para o idioma da Síria. Provavelmente a primeira tradução do N.T. tenha sido esta. Estas versões citadas são importantes porque foram usadas para traduções mais recentes.

5.5 - LIVROS APÓCRIFOS
Nas versões dos Setenta e na Vulgata Latina encontram-se outros livros (I Esdras, II Esdras, Tobias, Judite, o resto de Ester, Sabedoria de Salomão, Eclesiástico, Baruque, a Epístola de Jeremias, o Canto do Três Mancebos, a História de Suzana, Bel e o Dragão, A Oração de Manassés, I Macabeus, II Macabeus, O Códice Alexandrino acrescenta ainda III e IV Macabeus, num total de 16 livros) que são considerados "apócrifos" (ocultos); os próprios judeus não aceitaram esses livros inspirados por Deus mesmo aparecendo na Vulgata Latina, o próprio Jerônimo não os aceitou como inspirados. A Igreja Evangélica considera esses livros fora do Cânon Sagrado pelas razões básicas: contem erros históricos geográficos e cronológicos, aprovam a mentira, o suicídio, o assassinato, os encantamentos mágicos, as orações aos mortos, salvação por meio de gratificações, descrição do sobrenatural de uma forma grotesca e ridícula. No Concílio de Trento (1546 D.C.) a Igreja Ocidental passou a considerá-los autoritários com o voto de 53 prelados sem conhecimentos históricos destacados sobre documentos orientais, encontrando oposição de grandes homens como o cardeal Polo que afirmou que assim agira o Concílio a fim de dar maior ênfase às diferenças entre católicos romanos e os evangélicos. Outro destacado líder católico, Tanner afirmou que a Igreja Católica Romana encontrou nesses livros o seu próprio espírito (apud Introdução ao Antigo Testamento, Dr. Donaldo D. Turner, IBB).

5.6 - VERSÕES PORTUGUESAS
Portugal com todo o seu valor histórico e sentimento religioso não deixou uma tradução da Bíblia em língua popular. O primeiro esforço para divulgação das Escrituras em português foi da rainha d. Leonora, esposa de D. João, rei de Portugal que em 1495 mandou imprimir uma tradução da Vida de Cristo, escrita em latim por Ludolfo da Saxônia. Em 1505 a mesma rainha mandou imprimir uma versão dos Atos dos Apóstolos e das Epístolas Universais de São Tiago, São Pedro, São João e São Judas. Em 1495 apareceu uma edição litúrgica da Epístolas e Evangelhos traduzidos por Gonçalo Garcia.
5.7 - A VERSÃO DE ALMEIDA
João Ferreira de Almeida nasceu em Lisboa em 1628, filho de católicos e entre os holandeses aceitou a fé na Igreja Reformada,aos treze anos de idade, cuja conversão se atribui à leitura de um folheto em espanhol sobre a diferença entre a Igreja Reformada e a Romana. Antes de completar quinze anos de idade traduziu de espanhol para o português um resumo dos Evangelhos e Epístolas. E aos dezasseis anos traduziu o N.T. do latim, consultando as versões espanholas, italianas e francesa, como também a Liturgia e Catecismo de Heidelberg. Em 1656 foi ordenado ministro, falecendo em 1691. Escreveu várias obras, sendo o destaque a Bíblia em português.. A primeira edição do Novo Testamento de Almeida foi impressa em Amsterdã, em 1681. A primeira edição completa do V.T. do padre Almeida foi impressa de 1748 a 1753 em dois volumes. A parte que Almeida não chegou a traduzir, de Ez 48:21, em diante, foi obra de Jacob Ofden Akkar, ministro na Batávia. Almeida levou sua vida pregando o Evangelho em Java, Ceilão e na Costa de Malabar. Grande exemplo Bibliografia 1 Estudo Panorâmico da Bíblia - Henrietta C. Mears, Editora Vida
A MENOR BÍBLIA
A menor Bíblia existente foi impressa na Inglaterra e pesa somente 20 gramas. Este fabuloso exemplar da Bíblia mede 4,5cm de comprimento, 3cm de largura e 2cm de espessura. Apesar de ser tão pequenina, contém 878 páginas, possui uma série de gravuras ilustrativas e pode ser lida com o auxílio de uma lente.

A MAIOR BÍBLIA
A maior Bíblia que se conhece, contém 8048 páginas, pesa 547 kg e tem 2,5m de espessura. Foi confeccionada por um marceneiro de Los Angeles, durante dois anos de trabalho ininterrupto. Cada página é uma delgada tábua de 1m de comprimento, em cuja superfície estão gravados os textos.
VAMOS LER A BÍBLIA?
A Bíblia contém 31.000 versículos e 1.189 capítulos. Para sua leitura completa são necessárias 49 horas, a saber, 38 horas para a leitura do Velho Testamento e 11 para o Novo Testamento. Para lê-la audivelmente, em velociade normal de fala, são necessárias cerca de 71 horas. Se você deseja lê-la em 1 ano, deve ler apenas 4 capítulos por dia.
A BÍBLIA NO MUNDO
O velho e Novo Testamento, já atravessou mais de 3 mil anos, sendo traduzida em 2167 línguas.

Antigo Testamento encerra citando a palavra maldição. O Novo Testamento encerra citando graça do Senhor Jesus Cristo.
• Há 8.000 vezes a palavra "Senhor";
• A volta de Jesus é citada 1845 vezes;
• O Autor da Bíblia é Deus;
• O Intérprete da Bíblia é o Espírito Santo;
• O assunto central da Bíblia é Jesus Cristo;
• A Bíblia é o livro mais editado e vendido do mundo;
• A Bíblia é o livro mais lido do mundo.
Existem, aproximadamente, 2.800 línguas e 3.000 dialectos, mas a Bíblia já foi vertida, em parte, em mais de 1.200 línguas e dialectos. A Bíblia inteira só está traduzida em cerca de 300 línguas.

A Bíblia contém 66 livros, 1.189 capítulos, 31.278 versículos, dos quais mais de 5.000 são promessas (alguns autores falam de cerca de 32.000 promessas, o que daria a média de mais de uma promessa por versículo — veja www.bibliashop.com em jogos da Bíblia), 774.746 palavras e cerca de 3.566.480 letras assim distribuídos:
Antigo Testamento 39 livros; 929 capítulos; 23.328 versículos; cerca de 31 autores; escrito em hebraico (com porções aramaico).
Novo Testamento 27 livros; 260 capítulos; 7950 versículos; cerca de 09 autores; escrito em grego.
Há no Novo Testamento cerca de 280 citações do Antigo Testamento e mais de
350 alusões ou referências a coisas escritas no Antigo Testamento.

1 comentário(s):

Douglas Fernando disse...

JOCTAN MEDEIROS
Paz do Senhor

Gostei deste post.
Estaremos divulgando no FLICKR.

http://www.flickr.com/photos/ocristaonaculturadehoje

E para ver teu post

http://www.flickr.com/photos/ocristaonaculturadehoje/6562215879/in/photostream

Saudações

Postar um comentário

Olá! A Paz do Senhor, gostou do blog? então comenta...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...